https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Convite de solidão

 
passaram pelo meu nome,
num momento impróprio,
e fizeram de conta,
que não me conheciam,
mas...
não liguei
Passaram-se meses, dias
e tudo piorava
Voltaram a passar,
mas, desta vez
criticaram o meu ser,
como sendo,
digno de sofrimento,
dor e saudade
Mais uma vez,
não liguei,
e segui o meu caminho,
acompanhada por desconhecidos
Cheguei ao meu local de encontro,
questionando-me,
porque tanto me criticavam,
dei voltas e voltas
e não obtive resposta,
continuando assim, baxei a cabeça.
Sentia-me abandonada,
com necessidade,
de renascer,
sem ter passado por nada
Convidei a morte,
para que morresse
Convidei a solidão,
para que me abrisse os olhos,
e me fizesse perceber que,
apenas me são importantes,
EU,
APENAS EU
E EU MESMA!

 
Autor
Tátagomes
 
Texto
Data
Leituras
370
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.