https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

EM CONTRAMÃO

 
Teima a gaivota
em rasgar o céu
contra a nortada.
O que avança é nada,
mas não se importa:
mesmo de asa ferida,
lenta, cansada, esvaída,
o instinto supera a dor,
e o céu aonde se lança
faz-se viva esperança
de um mar maior.

 
Autor
AuroraRosado
 
Texto
Data
Leituras
923
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
16 pontos
8
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
AnaCoelho
Publicado: 05/08/2010 18:29  Atualizado: 05/08/2010 18:29
Colaborador
Usuário desde: 09/05/2008
Localidade: Carregado-Alenquer
Mensagens: 12107
 Re: EM CONTRAMÃO
A preserverança que nos ensina novos voos e no dá o olhar alargado...

Beijos


Enviado por Tópico
Sterea
Publicado: 13/08/2010 19:54  Atualizado: 13/08/2010 19:54
Colaborador
Usuário desde: 20/05/2008
Localidade: Porto
Mensagens: 3404
 Re: EM CONTRAMÃO
Minha querida Aurora, que saudades de sentir o teu perfume de... rosas marítimas!(esse teu mar, esse teu mar!)
´
É sempre uma experiência única, ler o que escreves. Pedacinhos da mais pura poesia, em imagens vivas, vívidas, dinâmicas...

Beijo meu.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/08/2010 21:30  Atualizado: 13/08/2010 21:30
 Re: EM CONTRAMÃO
...Aurora, devo te ler mais. E vou!
Perde quem não o faz!
Maravilha!
Edilson


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/08/2010 01:36  Atualizado: 15/08/2010 01:36
 Re: EM CONTRAMÃO
Quem nao persiste nao vive! Quem sabe um dia a gaivota fique a planar, em vez de lutar contra o vento! Parabens e abraco carinhoso!