https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

UMA NOITE COM MOZART

 
A noite estava quente, eu escorria de calor
Depois dos rituais, ouviu-se os primeiros sons
O maestro fitou a orquestra e ergueu a batuta
O pianista fez-se um deus tocando emoções

Transportei-me ao sonho, fechando os olhos
Embalada pela música, do divino Amadeus
Vislumbrei paraísos de faunos e de ninfas
E vi-te Adonis, esbelto, musculado e sedutor

Depois a música tornou-se densa ensombrada
Tu desaparecias num nevoeiro flutuante
E a angústia descompassada crescia em mim

Num adágio allegro voltaste deslumbrante
Vieste até mim devagar, num passo escultural
E pela música andamos com toda a languidez

 
Autor
MarisaSoveral
 
Texto
Data
Leituras
495
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.