https://www.poetris.com/
 
Textos -> Outros : 

NÃO DESISTIR E QUERER VENCER É IMPORTANTE

 
É complicado, difícil, eu admito. Porém continuo a labutar, sem parar continuo... O sonho parece descomedir-se, às vezes transforma-se em pesadelos íntegros gerando formas realistas de acontecimentos que não me deixam visualizar o seu fim.
Isso dói, e afeta o meu psicológico, deixando-me de uma maneira, a qual posso dizer desencorajado. Mas não significa que estou jogando a toalha, desistindo, parando, me entregando, jamais! Não quero afirmar, apenas desabafar sem cessar, de momento em momento, sucessivamente, sem colocar intervalos, enfim sem demoras.
E com isso penso, repenso... O que Ele, quer de mim? O que Ele, quer me ensinar com tudo isso? Reflito e vejo que na dor, no sofrimento, na dificuldade, seja qual for o obstáculo, podemos superá-los se desejarmos de coração e colocarmos a alma a frente de nossas vidas, e não somente os impulsos e desejos carnais, onde muitas vezes nos colocamos como indivíduos irracionais.
O querer entender a vida numa forma generalizada é uma totalidade quase impossível de se compreender. Já que somos o que somos, porque buscamos ser. Muitos falam que somos o que somos, porque a vida nos levou a ser. O que é errado, já que podemos escolher caminhos dentro de caminhos, e sempre temos uma opção a seguir em frente, pode não ser a melhor ao momento desejado, mas sempre existira mais de uma opção.
Pois quando vejo reportagens, as quais nos levam ver a crueldade da desigualdade, é aí que me fortaleço e vejo que o meu sofrimento não passa de um simples momento ruim, o qual é passageiro, e eu nem poderia estar reclamando.
Ver pessoas se alimentando de restos, se humilhando pedindo e sim, passando fome e necessidades básicas, como água potável para beber, é onde eu consigo enxergar o verdadeiro ser humano. Onde na maior dificuldade, não se entrega ao terror. Não rouba, não mata e não se desfaz de nada nem de ninguém. É puro, mesmo não sendo mais criança. E no contraste vemos seres humanos bem sucedidos, onde não valorizam o que tem, e ainda por cima desperdiçam o que não poderia ser desperdiçado, pois muitos encontram os desperdícios desses e com tão pouco sobrevivem.
Hoje no mundo, o medo toma conta. E a contar os indícios de violência e suas localidades, vejo, observo, analiso, e com tudo isso não consigo encontrar um lugar tranqüilo, o qual possa dizer: “Aqui não há violência”. Então o que faremos? Desistir? Não, eu já disse, jamais! O que posso dizer, e não me cansarei de falar, nem de escrever, é a solução para tudo isso que ocorre... O amor.
O amor pode sim, ser o único remédio e a única solução para esse inferno, no qual se transformou o mundo e suas diferenças, suas crueldades, seus descontroles, e o pior de tudo, a cada ano que se passa, vemos menos pessoas boas e interessadas em querer melhorar e controlar tudo isso. E quando surgem algumas isoladas, essas acabam sendo exterminadas. Leis não se tem mais. Respeito acabou. Então eu aposto a minha vida no amor.
Aposto no amor que eu tenho a Deus. No amor que eu tenho em minha família. No amor que eu tenho aos meus amigos. No amor que eu tenho a minha filha. E no amor que eu tenho em minha namorada. Confesso, se essas pessoas não existissem, não sei o que seria de mim hoje. Talvez estivesse em algum lugar perdido fazendo algo de ruim, talvez de ruim a mim mesmo, mas estaria.
E para amar basta se entregar, ser sincero consigo mesmo e querer tudo mudar. Não precisa correr e se matar para mudar o mundo. Isso é besteira! Corra e mude sua vida e a vida das pessoas que estão a sua volta. Se cada um fizer a sua parte, amar o próximo como a si mesmo, eu garanto que viveremos num mundo bem melhor, onde a violência, a desigualdade social, a pobreza e a fome não existira em escala crescente como é nos dias de hoje.
Como para algumas doenças os cientistas não encontram a cura, e para algumas é necessário testes em cobaias, a cura para o mundo pode ser tão simples que temos medo de curá-lo e depois não saber viver com as mudanças. Assim vem o desistir, ou o pensar só em si, tudo acabará levando o mundo ao abismo, e esse sim seria o fim.




Miquéias Costa Rodrigues
um abraço a todos

 
Autor
Miquéias
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1392
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.