https://www.poetris.com/
 
Sonetos : 

Vestindo a Cena Plena, Bem Vindo

 
Tags:  amor    sedução    virtudes  
 
Vestindo a Cena Plena, Bem Vindo


Tu estás protegido pela capa invisível que te dei.
Aquela poderosa que vestes e te dá imunidade,
Aquela que sempre esteve compatível com a verdade
Que me envolveste cada vez que de ti me aproximei.

Agora que és o tudo, que do nada te inventei,
Doce complemento, me enamoras qual divindade
Na qual te creio, mais que em minha sobriedade,
E me recrio a cada passo, do tempo que ti esperei.

E te procurei no sentido inverso da intencionalidade.
No universo que entendi ser nosso, compartilhei
E aqui vivo o presente de saudade, nas cenas que ousei.

Nas nossas carícias, o tesouro preciso da afetividade,
Afaguei a preciosa prenda, puro amor que te ofertei.
Já nada falta, este é o momento de ilusão que sonhei.

Ibernise
Barcelos (Portugal), 20JAN2011.
Núcleo Temático Romântico.
 
Autor
Ibernise
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1645
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
6 pontos
6
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
arfemo
Publicado: 20/01/2011 21:14  Atualizado: 20/01/2011 21:14
Colaborador
Usuário desde: 19/04/2009
Localidade:
Mensagens: 4812
 Re: Vestindo a Cena Plena, Bem Vindo
belo soneto Ibernise, por escorre um doce jogo de esconde-revela, que é sabedoria e poesia...

beijo cara amiga
arlindo


Enviado por Tópico
Tânia Mara Camargo
Publicado: 20/01/2011 21:38  Atualizado: 20/01/2011 21:38
Colaborador
Usuário desde: 11/09/2007
Localidade:
Mensagens: 4263
 Re: Vestindo a Cena Plena, Bem Vindo
Belo soneto querida Ibernise!
bjs


Enviado por Tópico
FalcãoSR
Publicado: 23/03/2011 02:33  Atualizado: 23/03/2011 02:33
Colaborador
Usuário desde: 30/06/2006
Localidade: Rio de Janeiro
Mensagens: 2785
 Re: Vestindo a Cena Plena, Bem Vindo
Ibernise,

Saudade de ver você desfilando seu talento nessa telinha.

Beijos