https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Eu e os camaleões

 
Eu e os camaleões
 
Nas vezes em que vi um camaleão,
só havia curiosidade e louvor.
Ficava escondida na pedreira,
esperando que ele viesse esquentar
o sol e a aridez do momento sem
outras melhores brincadeiras.

Desobservava tudo ao redor
e assim me sentia menos só,
mais autêntica,mais livre.
Camaleões passaram a ser
uma espécie de entendimento.
Fiquei expert em lidar com eles
com o passar do tempo e com
a vulgar realidade opressora.

Eles nunca se escondem totalmente.
Animal difícil é sempre o lobo em
pele de cordeiro.Esse ai tomou
o meu passado quase inteiro e eu
até achei que ele era um monstro
sagrado, uma das bestas do apocalípse.

A vida precisa de elípses,
nuances torpes e desconhecidas,
de animais quase raros e emoções
baratas.Antes os camaleões do que
os lobinhos perigosos.
Sempre que atacam, fazem barulhos
estrondosos, matam pra valer.

Engraçado, mas acho que quem morreu
primeiro foi você.


Stella Grimaldi


Stella GrimaldiOpen in new window


 
Autor
StellaG
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1793
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
4
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Ivanir
Publicado: 20/04/2011 21:00  Atualizado: 20/04/2011 21:00
Participativo
Usuário desde: 30/11/2010
Localidade:
Mensagens: 13
 Re: Eu e os camaleões
Alguns animais são verdadeiramente perigosos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/04/2011 21:06  Atualizado: 20/04/2011 21:06
 Re: Eu e os camaleões
"Engraçado, mas acho que quem morreu
primeiro foi você."

Deixe o morto... vai ser melhor

Abraços - Pedro