https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Saudade : 

Caminhos sem lua

 
Caminhos sem lua

Sombras vagam nos corredores
Casarão sem luz, mofadas paredes
Imponente no meio do jardim desfolhado
Outrora acolheu sonhos que há tempos se foram...

Retratos pendurados fitam os moveis empoeirados
Teias de aranhas costuram os recantos
Emaranhados de lembranças ali fazem ninhos
Olhos emoldurados parecem vivos em sentinela.

Uma janela aberta bate no compasso do vento
Quebrando o silencio reinante
Uivante gemido das dobradiças enferrujadas
Assombram o passado, madrugam as saudades.

Grilos e cigarras prenunciam o inverno
Serenata nostálgica da o tom pelos caminhos
Em passos lentos afastam-se os raios da lua
Escuridão abraça o tempo, imenso vazio...

Jamaveira®


Jamaveira - O medo escraviza a Alma

 
Autor
jamaveira
Autor
 
Texto
Data
Leituras
452
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
varenka
Publicado: 25/04/2011 01:56  Atualizado: 25/04/2011 01:56
Colaborador
Usuário desde: 10/12/2009
Localidade:
Mensagens: 4211
 Re: Caminhos sem lua
Uma tristeza neste caminho...Embora a luz pode afastar este vazio.Versos bem elaborados!

MIL beijos
varenka

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/04/2011 14:25  Atualizado: 25/04/2011 14:25
 Re: Caminhos sem lua
Lindo poema forjado pelas lembranças e as saudades...as imagens e metáforas estão encantadoras. Parabéns poeta.

Abraços,ALICE