https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Desassossego desnorteado

 
Tags:  saudade    angústia    melancolia    busca    preocupação  
 
Algo cruel,
invade os meus pensamentos…
Só encontro mesmo este papel
sempre disposto aos meus tormentos…

Num olhar alagado,
me encontro…
Num sorriso agora apagado
me defronto…

Água salgada
me percorre o rosto…
como se atira-se água gelada
sobre fogo posto.

Open in new window

Nadando em lembranças
nas tuas doces palavras
por que anseio,
dispo-me destas lideranças
agora escravas
o trilho já não é meu planeio.

O meu corpo trémulo,
transpira melancolia…
Sinto-me num tumulto
interdita de qualquer alegria.

Recuso-me a sorrir
sem saber se estás bem.
Escuso de ir
ver mais além…

De pele arrepiada
de pestanas permanentemente humedecidas
rogo pela vinda daquela Fada
e das suas destemidas.

Surpreendendo-me a mim mesma
pelo meu estado elevado de preocupação,
pouso aqui sobre esta mesa
todo o pudor do meu coração.

Suspiro orgulho
por me sentir protegida
mas agora apenas mergulho
e procuro desesperadamente a sua vinda.


'Dum vita est pO3tica'

 
Autor
P03tiza
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1508
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
15 pontos
7
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
belarose
Publicado: 20/08/2011 21:08  Atualizado: 20/08/2011 21:08
Colaborador
Usuário desde: 28/10/2010
Localidade:
Mensagens: 9026
 Re: Desassossego desnorteado
Boa noite!Querida amiga P03tiza

Mais uma super mega poesia...linda amei!Destaco:

Suspiro orgulho
por me sentir protegida
mas agora apenas mergulho
e procuro desesperadamente a sua vinda.

Beijos


Enviado por Tópico
~~~~`+´~~~~
Publicado: 20/08/2011 21:14  Atualizado: 20/08/2011 21:14
Super Participativo
Usuário desde: 04/04/2011
Localidade:
Mensagens: 153
 Re: Desassossego desnorteado
…como chora amiga Rute, nessas palavras incómodas dentro de si, que se acomodam no papel…
A ausência de quem se ama provoca aquela ansiedade revestida de sonhos embebidos na retina dos olhos e nos arrepios da pele…

Não tenho duvidas que a sua poesia é mais que palavras bem escritas, são as músicas das fadas que regressam à "ilha" do sentir, de tanta saudade…

Um abraço e obrigado por ser especial …


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 20/08/2011 21:19  Atualizado: 20/08/2011 21:19
 Re: Desassossego desnorteado - Para Rute
Chora, então escreve... Ou seria escreve, então chora? As lágrimas que molham o papel deixam de ser nossas para tornarem-se do eu-lírico. E assim, talvez, pararemos de chorar pelos olhos.

Gostei bastante, Rute.


Enviado por Tópico
AdTe
Publicado: 21/08/2011 19:30  Atualizado: 21/08/2011 19:30
Da casa!
Usuário desde: 28/03/2011
Localidade:
Mensagens: 340
 Re: Desassossego desnorteado
Querida Amiga,

entro e leio algo que me emociona...
se a menina soubesse o quanto me identifico com estas suas palavras... parece ter lido a minha alma e enquanto o fazia, traduzia os medos que me cercavam...também me cercavam...

impressionante o poder da (sua) escrita!!

Agradeço-lhe por tal... pois como lhe disse, a identificação é total!! e o coração sente que o escrito é sincero!!! Poetisa, sem menor sombra de duvida!

Beijinho e Obrigada POR TUDO!!!

p.s -que seja eu a dizer-lhe... está tudo bem :)