https://www.poetris.com/
 
Contos -> Tristeza : 

Carta de um suicida

 
Estou com uma arma em cima da mesa e,daqui a pouco, no fim desta folha,vou acabar com tudo. Inciei com maconha.Depois foram entregando-me drogas mais fortes a preço de banana,até que fiquei dependente.Ai o
negócio engrossou e o meu mundo começou a ficar roxo,cinza,e eu nunca mais voltei a ser o mesmo cara normal. Comecei ficar,muito calado ou muito irritado.Deixei os estudos e o trabalho.Passei a ficar só em sombras e água fresca.Reclamava dos lares desfeitos e ia desfazendo o meu.
Ruim mesmo foi a depressão.E os amigos garantiam que a droga libertava essa também.Que nada!Só minha fossa!
Cheguei a roubar para comprar,e não adiantava:aumentava a dose e a fossa.Quando o efeito se ia,o mundo estava novamente de boca aberta.Os problemas continuavam,porque eu era o problema.E agora estou vendo que não tem jeito.
Escrevi que eu era o problema.Realmente já me disseram isso,uns caras que estão numa de cristianismo,e nesse instante eu concordo com eles.
Eu sou o problema,e o mundo continua ruim,porque eu continuo mau;se eu melhoro o mundo melhorará.Sei lá!Gozado!Eu reclamo que está tudo errado,mas até agora só entrei no jogo dos que estão errados.Se no fundo me considero bom,preciso é consertar ,e não ficar como bebê reclamando que a mamadeira não vem.
Se sei das coisas,não posso matar-me e deixar o barco.Uns cristãos disseram que a gente tem que começar modificando a si mesmo.
Não dá!Não dá!Pensando bem, não dá!Estou de saco cheio.Será que vim ao mundo só para isso?Só para aporrinhar a vida dos meus velhos?Será que vim para encher a cara e ser apontado na rua como vagabundo?
Não,não é possível!Quer saber de uma coisa?Eu acho que agora sim estou ficando louco.
Vou dar uma chance a mim mesmo,pois sempre me considerei um idiota muito grande.Não vou imitar os covardes,os caras que entram na onda.Vai decepcionar os escravizados,vou parar já.
Gozado!A arma que eu ia usar não era minha.Ainda não tinha ganho nem o suficiente para me matar.Pô!Demais,não é?

pity@@@@[/left]


pity@@@@

 
Autor
pity
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1159
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.