https://www.poetris.com/
 
Frases e Pensamentos : 

Gosto de Pessoas

 
Tags:  pessoas  
 
Gosto de pessoas que reconheçam minha inteligência,
mas também minha ignorância
Que saibam ver minha beleza,
e também minhas imperfeições
Que saibam tratar com acuidade de minhas falhas,
e apontar as minhas qualidades
Que tenham a certeza que eu possuo muito mais que mil defeitos
Que saibam conversar,
e se calar em minha introspecção
Respeitem meus anseios, sonhos e acima de tudo,
meus sentimentos
Porque eles são grandiosos
Porque eles são extensos
Porque eles fazem parte de mim
E representam tudo o que vivo
E também, tudo o que eu acredito
Gosto de pessoas que gostam de somar
E também de dividir
Multiplicar e diminuir
Que sejam providenciais e operativos
Que saiba falar não, e reverenciar a palavra SIM
Porque esta abre portas
Para o amor
Para o perdão
Para a União!
Que tenham doce,
e tenham sal
Que se modernizem ao chamado de sua existência
Que saibam valorizar o passado e a história
E todas as suas experiências
E as dos demais seres viventes!
Que admirem os pássaros, a flora e toda a natureza
Que goste de poesia, música, esportes e também de aventuras
Gosto de pessoas que sabem viver,
e aprendem com a vida a conviver
Que propugnam a paz,
e levantam esta bandeira
Que vêem a esperança nos olhos de uma criança,
E que têm a certeza que são capazes de mudar o mundo,
E se tornarem heróis,
Gosto de pessoas que se mostrem humanos,
E que mesmo em torno a sua fragilidade existencial,
Conotam nuances e toques de uma existência Divina.
Gosto de pessoas que sabem ser verdadeiramente humanas!



Cássia Montouto.

 
Autor
Cássia Montouto
 
Texto
Data
Leituras
897
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 04/11/2011 16:59  Atualizado: 04/11/2011 16:59
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29159
 Re: Gosto de Pessoas
UM ENACNTO DE POEMA, MARAVILHA

JOSÉ CARLOS RIBEIRO