https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Ninguém conhece ninguém

 
Tags:  natureza    contradição    opinião    aberraÇÃo  
 
No âmago da natureza
Contemplando tamanha beleza
Comecei a refletir

Não adianta nos iludir
Tentar camuflar
Até mesmo disfarçar
Ninguém conhece tudo sobre si

Então chego à conclusão
Vivemos em um mundo de ilusão
Tentando imitar a televisão
Fazendo parte de uma encenação

Daí,quando afirmo que me conheço.
Em seguida de medo estremeço.
Pois vivo mudando de opinião.

E por me desconhecer
Não posso conhecer você
Seria uma grande contradição.
Conclusão:Chega de aberração!


Open in new window


 
Autor
Iolanda Brazão
 
Texto
Data
Leituras
8214
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
3
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 14/11/2011 19:46  Atualizado: 14/11/2011 19:46
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4531
 Re: Ninguém conhece ninguém
Ola Iolanda

Uma verdadeira reflexão poetisa

Para conhecermos os outros temos primeiro que conhecermo-nos a nós próprios.
Existira alguém que se conheça verdadeiramente?

Beijinhos
Tudo de bom para ti

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 14/11/2011 22:08  Atualizado: 14/11/2011 22:08
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29404
 Re: Ninguém conhece ninguém
DENTRO DE NÓS EXISTE UM ALGUÉM, O NOSSO EU, O NOSSO SER, O NOSSO SER. UM BELO POEMA, MARAVILHA.

MARTISNS

Enviado por Tópico
Felisbela
Publicado: 14/11/2011 22:20  Atualizado: 14/11/2011 22:20
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2011
Localidade:
Mensagens: 2207
 Re: Ninguém conhece ninguém Para Iolanda
Concordo com as suas palavras, ninguém deve ter a presunção de pensar que conhece alguém se nem a si se conhece...!
Linda reflexão!
Beijinho
Felisbela