https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Introspecção : 

Meia noite - a vida em pleno

 

À meia-noite,
Morre um dia
E nasce outro.
Mas por que é noite,
Talvez fosse mais correcto dizer:
"Morre uma noite
E nasce outra".

À meia-noite,
Nem sequer é ainda
Meio da noite.
E as sombras agitam-se
Ao compasso da lua
Ou de qualquer luz
Que haja na rua.

À meia-noite
As trevas circundam a Terra.
Existem sempre trevas
No nosso Planeta…
Existem sempre medos
No nosso subconsciente…
E no entanto a vida
É sempre a mesma,
Seja nas sombras
Seja na luz.

À meia-noite,
É sempre meio-dia
Nalgum local da Terra.
O sol reina ali
Em todo o seu esplendor -
E no entanto,
Se não chegasse a noite,
A vida morreria.

À meia-noite,
Os silêncios são diferentes
Dos silêncios do dia.
Os homens dormem
Sobre os seus pesadelos
E quando acordam
As manhãs trazem para eles
Novos fantasmas.


Poema de 07.09.2005 Valter Ego

(in Pens 28)

Para os autores e leitores do LusoPoemas
votos de *Festas Felizes*


FRASE DO ANO:
Melhor que saber onde fica o ponto G
é conhecer todo o abecedário!
(AdolFo Dias)

 
Autor
Henricabilio
 
Texto
Data
Leituras
1562
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
5
1
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 19/12/2011 19:50  Atualizado: 25/06/2012 21:37
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4527
 Re: Meia noite - a vida em pleno
Ola Henri

Um poema de reflexão como reflexiva deve ser a vida
Gostei de te ler poeta

UM feliz Natal e um ano novo cheinho de coisas boas

Beijinhos poeta

Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 20/12/2011 11:30  Atualizado: 20/12/2011 11:30
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: Meia noite - a vida em pleno
Poeta Henricabilio!

Bonita reflexão poeta!
Acredito que assim como eu, muitos nunca pararam para refletir do ângulo que o poeta colocou.
Boas Festas ao poeta também.
Abraço
Carol
Open in new window

Enviado por Tópico
Fhatima
Publicado: 22/12/2011 18:57  Atualizado: 22/12/2011 18:57
Colaborador
Usuário desde: 12/02/2008
Localidade: Joinville - SC
Mensagens: 3385
 Re: Meia noite - a vida em pleno
Olá Henri,

Um poema que chama à reflexão, eu adoro a noite...Medito e repenso a minha vida.
Teus poemas são sempre de grande beleza poética!

Um Feliz Natal!

Fhatima

Enviado por Tópico
Kris_Oliveira
Publicado: 25/06/2012 18:00  Atualizado: 25/06/2012 18:00
Participativo
Usuário desde: 24/06/2012
Localidade: Pernambuco _ Brasil
Mensagens: 25
 Re: Meia noite - a vida em pleno
Belíssimo texto e estilo!
Já tens livros publicados?

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/10/2014 05:33  Atualizado: 03/10/2014 05:33
 Re: Meia noite - a vida em pleno
«À meia-noite,
Os silêncios são diferentes
Dos silêncios do dia.
Os homens dormem
Sobre os seus pesadelos
E quando acordam
As manhãs trazem para eles
Novos fantasmas.»



são diferentes sim,quanto aos pesadelos isso vai depender de que lado está virado o imaginário, as escolhas dos sentimentos de cada ser. sua poesia tem uma interatividade,q parece apesar da seriedade ter um q delúdico q se move e espalha,super interessante,curti!