https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Reflexão : 

Deus é AMOR, Mel da Vida!

 
Open in new window















Às vezes me perguntam:
- Dr. como é acreditar em uma coisa que não se vê com nossos olhos?

Peço que me dêem exemplos, e aí dizem: um vírus, o DNA das células, um raio X etc.

Então lhes digo que há tecnologia atualmente que permite decifrar estes enigmas e, ainda que muitas vezes eles "não se revelem" no plano macroscópico, existem no plano microscópico.

- E aí, insistem, mas e a mente, a alma, o espírito como acreditar então?

Então lhes digo que a existência não se explica apenas pelo sentido da visão, para isso a natureza foi sábia e nos proveu de outros sentidos maravilhosos, os clássicos sentidos naturais visão, olfato, paladar, escuta e o tato, nos proveu de outros que precisam ser desenvolvidos por cada um: como a inteligência, a percepção, a sensibilidade, a humanidade, a solidariedade e a espiritualidade (que não é sinônimo de religiosidade).

- Ah, bom doutor e se isso tudo existe, como se explica, já que o sr. disse que nem tudo que existe "precisa ser explicado", não é mesmo?

Então lhes digo, a crença em algo verdadeiro, que nos toca, que faz aflorar a paz em nossas mentes, o amor em nossos corações, elas provem de algo que não precisa explicação, pois É (existe) porque assim é bom que seja, e não precisa de teoria, testes científicos, sabe porque penso assim:

- Então diga doutor, sou toda ouvidos, aliás, um dos sentidos que mencionou.

Ótimo, então peço que feche os olhos e veja no seu interior, tape os ouvidos e escute no silêncio, engula a saliva e perceba o sabor da vida de suas células gustativas, inspire profundo e pause a respiração para sentir o aroma de seus alvéolos, deixe-se percorrer seus fâneros e sua pele por esta brisa fresca.

Agora, abra os olhos, destape os ouvidos, solte o ar lentamente, mecha os braços, toque os lábios e me diga, agora é minha vez de perguntar, ok?
Como isso tudo seria possível sem a presença de Deus?

Deus não precisa explicação, Deus não está, esteve ou estará! Deus sempre esteve operando maravilhas em nossas vidas, Deus simplesmente É...

[Ele está se revelando em pequenas coisas, não apenas lá fora, mas aqui dentro de cada um de nós. Somos parte Dele, de Sua criação, Ele nos ama e nos ampara, protege, ainda que nem sempre nos demos conta disso].

Deus É... e para mim isto é suficiente, reconfortante, apazigua minha mente, relaxa meu corpo, sincroniza meu coração.

Pense bem, você acredita no AMOR?

- Claro, doutor, quem não acreditaria, como tem o amor, tem a raiva, o ódio...

Certo, então me responda, você vê o amor?

- Não, doutor, que pergunta! Ele se manifesta, a gente sente ou deixa de sentir.

Ok, mas se eu lhe dissesse que Deus é AMOR...

- Nossa, doutor, foi fundo.

Bem, não estou falando necessariamente do amor físico, carnal, paixão entre pessoas - isto também é amor. Estou falando desde um olhar sobre o Amor mais transcendental, do Pai criador para com seus filhos, da Mãe que gera o filho... de Maria que traz a luz o menino Jesus.

Este Amor é fonte de luz, vence as trevas; é fonte de cuidado, vence as doenças; é fonte de proteção, vence as intempéries; é fonte de vida, vence a morte.

Por isso tudo lhe digo, Deus é responsável pela criação de nossos sentidos, cabe a nós utilizá-los de maneira racional; compartilhá-los quando da vida terrena encerrarmos o ciclo, ou seja, doá-los; e desenvolvê-los para que desprovidos da manta terrena possamos imergir como luz, sem sombras ou penumbras, no seio da grande obra divina.

- Doutor, que coisa profunda, estou me sentindo tocar em outros sentidos que disse há pouco. Em conclusão, poderia ousar dizer que Deus em si só se explica? É isso?

Sim, eu acredito, e não mais necessito de provas para admitir que sou um privilegiado por fazer parte da grande obra cósmica, que me dotou inclusive da capacidade de questionar a própria existência, de discernir, de fazer escolhas.

E a minha escolha é pela humanidade, por defender o direito de viver pleno, com sabedoria, sem aceitar as desigualdades ou privilégios de quaisquer naturezas tais como a corrupção, a soberba, a vaidade, a arrogância, a prepotência.

Deus é luz, é vida. É um farol em alto mar conduzindo os marinheiros na tempestade, é uma águia observando os montes e vales em eterna vigilância por nós, é uma simples abelha operária sugando o néctar das flores primaveris, para gerar o mel da vida.

Deus é o mel da vida, mas você precisa aprender a colher, para sorver e dividir este mel para conhecer e imergir na grande obra divina.


AjAraújo, o poeta humanista, escrito em 15 de janeiro de 2012, refletindo sobre Deus em nossas vidas.
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
998
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.