https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

RABISCO

 
RABISCO

Rabiscando segui na vida.
Nem me lembro em que momento o texto virou rabisco...
Sacola furada, sonhos perdidos no tempo.
Caminhos de enganos percorridos sem pensar.
A sacola cada vez mais leve e eu sem nada notar...
Esvaziou enfim, ficou leve pronta a flutuar no ar.
Foi ai que me desequilibrei e o tombo me fez acordar.
A dor enfim fez a alma respirar.
Banhados de sangue meus pés a despertar.
Olhos enfim do chão se levantar.
Fixos no céu a única esperança buscar.
Recebendo o balsamo, o coração se fez gratidão.
Curada a alma, pés cicatrizados a correr pela amplidão.
Adquirindo nova sacola, voltando a apanhar as migalhas.
Devagar recolhendo pelo caminho sua alimentação.
Sabendo com certeza que no final encontraria você.
Sorrindo da minha confusão. Para enfim no meu rabisco fazer correção.


Su Aquino

 
Autor
SuAquino
Autor
 
Texto
Data
Leituras
738
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
zzipperr
Publicado: 10/02/2012 09:08  Atualizado: 10/02/2012 09:08
Da casa!
Usuário desde: 24/04/2009
Localidade:
Mensagens: 304
 Re: RABISCO
"O poder do poeta é infinito" e talvez viva de migalhas pegando uma palavra aqui e outra ali para enfim montar seu texto e assim finalmente se sentir realmente alimentado.

Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 17/03/2012 21:51  Atualizado: 24/03/2012 01:04
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6400
 Re: RABISCO
Rabisco de uma vida alimentada pela
esperança de uma vida melhor.
Que Deus te nutra, sustente e ampara.
Cada dia da tua vida.
bjus amiga.
Ray Nascimento

Open in new window