Poemas : 

Do que preciso.

 
Estou enfadado destas ordens
Do velho ser ou não ser
Me canso com tanta sordidez
Que vive o homem ao crescer

Tudo que vi até hoje foi alienação
Na busca pelo objetivo
Esquecemos de uma nação
Na tentativa de um bem coercitivo

Não faço únicas as minhas palavras
Sua importância definha com o tempo
Procuro uma nova falácia
Uma nova ilusão de ótica.

 
Autor
iggrande
Autor
 
Texto
Data
Leituras
669
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Matheusoliveira
Publicado: 27/03/2012 16:36  Atualizado: 27/03/2012 16:36
Da casa!
Usuário desde: 21/03/2012
Localidade:
Mensagens: 367
 Re: Do que preciso.
São dois, man, são dois...