https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

Compondo

 
As vezes que te vi passar
Fingindo não me ver
Foi como a gaivota no ar
Planando para não descer

Desejei sempre te abraçar
Com meus braços te envolver
Em teu corpo me entregar
Em teus lábios me perder

E quando disseste não
Fizeste o tempo parar
Foi como a onda do mar
Arrebentando contra o costão

Um desejo espatifou-se
Um amor virou pedaços
Só não destruiu o sonho
De um dia ,
Eu acordar em teus braços.

 
Autor
luisroggia
 
Texto
Data
Leituras
635
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
7 pontos
7
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 01/04/2012 15:22  Atualizado: 01/04/2012 15:22
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 12617
 Re: Compondo
Aqui é recanto bom onde o amor tende sempre a imperar. Vim, vi e gostei, amigo Luís. Um abraço forte e fraterno que chegue aí. Valeu, irmão!


Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 01/04/2012 22:51  Atualizado: 01/04/2012 22:51
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: Compondo
Que bela poesia!Tive vontade de roubar a primeira quadra, linda demais!Parabens grandãoo!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 02/04/2012 22:34  Atualizado: 02/04/2012 22:34
 Re: Compondo
Olá Roggia,
as vezes abandonamos nossos sonhos por pensarmos que são impossíveis...erradamente.
O amor quando é verdadeiro,ele não morre,ele apenas adormece na alma da gente.

Adorei teu versar..meu poeta preferido.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 06/04/2012 15:54  Atualizado: 06/04/2012 15:54
 Re: Compondo
Sonha, compõe, segue amando muito, poeta!
O amor é vida!
Bj!