https://www.poetris.com/
 
 
Vento, sempre de passagem

Toca me nos lábios, na pele

Sinto teu cheiro

Vento frio e suave

Mata meu calor, meu desejo

Acaricia meus cabelos

Percorre todo meu ser

Embaralha meus pensamentos

Desperta minha alma

Varre as tristezas

Feito vento de tempestade

Como brisa suave

Desliza em meu corpo inteiro

Prepara meu coração

Para viver novas paixões

Vento traiçoeiro

Arrepia meus pelos!



Open in new window




Janna



 
Autor
Jmattos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1498
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
20 pontos
20
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RayNascimento
Publicado: 09/11/2012 16:12  Atualizado: 09/11/2012 16:12
Membro de honra
Usuário desde: 13/03/2012
Localidade: Monte Roraima - Brasil
Mensagens: 6400
 Re: O Vento
Open in new window
Janna,
Brisa suave que exala saudade...
Vento que suavemente inunda de pétalas,
De um todo um ambiente,
Arrepiando do um corpo-poema a decifrar...
Borasca que a nau enverga donde ainda assim,
Temos que continuar na vida navegar...
Ventaval que tira meus pés do chão...
Temporal que transcede é arranca toda uma semente...
Tornado que torna meu fado mais díficil de carregar...
Tsuname que me lembra vc no fazer amor estremecendo
As estruturas do meu ser.
Ray Nascimento


Enviado por Tópico
MarySSantos
Publicado: 09/11/2012 18:03  Atualizado: 09/11/2012 18:03
Luso de Ouro
Usuário desde: 06/06/2012
Localidade: Macapá/Amapá - Brasil
Mensagens: 5282
 Re: O Vento
Sinto
entre tecido e pele
o segredo
do arrepio.

Chuto distante
o embaraço,
sem salto,
guardo dez pontos
cor de rosa
em grãos mornos...
tatuando
o caminho.
O cheiro de côco
é sabor de
brisa
desmanchando
os cabelos.

Letargia descansada
em carícias.

... O segredo do arrepio vem
do vento que traz olhar!


Sempre penso que o vento é um invasor conhecedor de segredos e este teu versar amiga poetisa é uma dedicatória a este movimento incansável do ar.

Muito belo!



Abraços!



Enviado por Tópico
gil de olive
Publicado: 09/11/2012 20:44  Atualizado: 09/11/2012 20:44
Colaborador
Usuário desde: 03/11/2007
Localidade: Campos do Jordão SP BR
Mensagens: 5046
 Re: O Vento
Divinamente bem montado esse texto! Envio um 10 enorme! Lindo fim de semana!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 09/11/2012 21:25  Atualizado: 09/11/2012 21:25
 Re: O Vento
gosto da paixão que sentes no teu poema "o vendo"
é como ficar internamente ligado
é como se vivesses um mundo só teu!
Parabéns!
Vampiro!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/11/2012 00:19  Atualizado: 10/11/2012 00:19
 Re: O Vento
Que vento esse,
que te leva
e afaga,
a alma e o corpo
em profunda sedução?
Que vento esse,
que te consola
nesta vida,
onde tudo se dissipa
e o amor é unido?
Que vento esse,
solto como ninguém
apaixonante e caloroso,
que por ti se consome
e expande tanto amor?

É esse, o que necessita a vida,
para encontrar o seu rumo
saindo de caminhos perdidos,
para um mundo de magia
condensado de prazer.


Frank_Mike


Enviado por Tópico
carolcarolina
Publicado: 10/11/2012 00:34  Atualizado: 10/11/2012 00:34
Colaborador
Usuário desde: 24/01/2010
Localidade: RS/Brasil
Mensagens: 9297
 Re: O Vento
Amiga Poetisa

Um belo poema...uma brisa que sopra preparando o coração para novas paixões...
Parabéns pela inspiração!
Bjinhos
Carol


Enviado por Tópico
cristhal
Publicado: 10/11/2012 02:54  Atualizado: 10/11/2012 02:54
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2009
Localidade:
Mensagens: 869
 Re: O Vento
Deita palavras ao vento heroicamente e muito sentidas.
Excelente poema, poetisa.

Beijos

Maria Valadas


Enviado por Tópico
gasparoliveira
Publicado: 10/11/2012 13:32  Atualizado: 10/11/2012 13:32
Colaborador
Usuário desde: 30/04/2012
Localidade: Coimbra,Portugal
Mensagens: 609
 Re: O Vento
Vento, sempre de passagem

Toca me nos lábios, na pele

Sinto teu cheiro

Adorei bj bom fim de semana


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 10/11/2012 14:39  Atualizado: 10/11/2012 14:39
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9285
 Re: O Vento
Bom dia Janna, o vento é uma massa real e abstrata, que nos causa sensações diversas a depender do nosso estado de alma e espírito, parabéns pelo seu envolvente poema, um grande abraço, MJ.


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 11/11/2012 13:32  Atualizado: 11/11/2012 13:32
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: O Vento
Ventos que nos tocam, paixões que nos sufocam, lindo