https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O que sinto nunca te direi

 
Menina bonita
que estás no canto da sala,
ao som desta sinfonia
meu olhar no teu se embala.
Perco-me por devaneios loucos
e sonhos imaginários,
taquicárdia e vóz rouca,
vou ficando com os sentidos ao contrário.
Não te conheço mas morro de vontade,
estás tão perto e tão longe,
nem sei se é sonho ou verdade,
quero ir! mas não sei onde...
Sei que o tempo finda
e não mais te vou voltar a ver.
Tenho que te dizer
só não sei como, ainda.
O musico toca a ultima nota,
cada vez mais o tempo esgota,
é agora!
Mas ela já foi embora...
Não te vejo mais, bem sei
e o que sinto por ti
nunca te o direi.
Mas este poema fica aqui
escrito para sempre
para se tu um dia o leres,
ficares a saber e jamais te esqueceres
que não me foste indiferente
e que adorei aquele momento,
mesmo que por pouco tempo.

 
Autor
ericsson
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1167
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
28 pontos
4
0
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 15/03/2013 19:57  Atualizado: 15/03/2013 19:57
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16472
 Re: O que sinto nunca te direi
Amigo Poeta
Sublime! Poema de uma sensibilidade infinita! Favoritei!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
Betha Mendonça
Publicado: 15/03/2013 22:07  Atualizado: 15/03/2013 22:07
Colaborador
Usuário desde: 01/07/2009
Localidade:
Mensagens: 6741
 Re: O que sinto nunca te direi
É realmente
um poema sensível
e soou-me como música.
:))