https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Striptease

 
...


Ver-te despir-se
das menores peças
do vestuário íntimo;
das cintas liga é o
que mais me excita,
perfeito o fetiche...
E seguindo silente;
admirar teus seios,
adorno do tronco nu
é prazer indizível...
Despe-se por último
da tanguinha rendada.
Fora das embalagens,
tu deixas a vitrine
perde o melhor manequim.
E vens caminhando melosa
remexendo-se sestrosa,
somente para provocar...
Frente ao atento olhar;
'vales, rios e montes'
exclama-se; 'quão bela e
completa és tu mulher...'


 
Autor
Yan_Booss
Autor
 
Texto
Data
Leituras
524
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.