https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Vem...

 
Vem ao meu encontro
Nesta hora vadia
Vem…

Secretamente aproxima-te
dos braços que te estendo
do olhar que te aguarda
e por fim dos meus lábios
que s vorazmente receberão os teus

Vem sem pressa alguma
Sem horas de partida
E sem preocupações
Sobre o amanhã

Permite que o corpo ame
O que a alma não esquece
Deixa que a boca se sacie
Do alimento que já lhe demos
E consente às minhas mãos
Deslizar na pele que é tua

Vem ao nosso encontro
Onde regressamos ao nosso lugar

 
Autor
JPAnunciação
 
Texto
Data
Leituras
860
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
5
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 03/09/2013 23:58  Atualizado: 03/09/2013 23:58
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16459
 Re: Vem...
Amigo Poeta
Poema sensual, intenso! Adorei! Parabéns! Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 04/09/2013 00:34  Atualizado: 04/09/2013 00:34
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2703
 Re: Vem...
Denso, intenso e bem ritmado.

Enviado por Tópico
Tália
Publicado: 08/09/2013 23:05  Atualizado: 08/09/2013 23:05
Colaborador
Usuário desde: 18/09/2006
Localidade: Lisboa
Mensagens: 2503
 Re: Vem...
João Paulo

Este poema é lindo. Serenamente intenso :)

Deixou-me a pensar e acabei por me inspirar pelos meus próprios pensamentos

Beijinhos


Vanda