https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Rito

 
o céu pipocava todas as luzes
e era meu peito que incendiava
e eram dos meus olhos que fugiam
todas as cores - acreditei,
e por que acreditei,
nada era insípido -
e era para outro céu que corriam
e era em outro peito que
explodiam e em outras águas
caiam respingando n\'outros
lábios, que sorriram
no meu sonho esfuziante.
um marco para a despedida,
desculpando todas as distâncias
regadas de silencio
ergui um brinde ao adeus
e à Beira Rio, deixei a reverência
de uma noite em festa
e a conformação
diante da orquestra das águas -
uma valsa de alma lavada.




O que, às paredes, confesso.

 
Autor
MarySSantos
 
Texto
Data
Leituras
563
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
4
0
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2014 14:43  Atualizado: 03/01/2014 14:43
 Re: Rito
Perfeito!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 03/01/2014 19:12  Atualizado: 03/01/2014 19:12
 Re: Rito
muito belo. sempre tocante. mil parabéns, Mary.