https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Água de beber

 
Tags:  amor    fonte    boca.  
 
Desde que bebi na fonte
que descobri em você
eu vivo a beber
sonhos que se renovam,
que se deliciam com o gosto
com o proposto
sempre acima do propósito,
uma roda gigante
que fica parada no topo
que até gira ao contrário,
pernas para o ar
e cabeça para baixo
e há veias refratárias
para o sangue em fogo
que deseja
além do desejo.

A sua fonte pode ser pura
pode ser impura
clara ou escura
que hei de beber
e sorver na sua boca
a água mais rouca
que eu possa lamber.

 
Autor
chintons
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1168
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 26/04/2014 15:38  Atualizado: 26/04/2014 15:38
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 18112
 Re: Água de beber
Poeta
Apreciei a leitura! O título me lembrou uma música contagiante do Jammil(lança lança). Estou em ritmo de micareta amigo!
Janna