https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Lembranças de Uma Estação

 

Cai a chuva no telhado.
Assédio pra fazer o tempo
parar numa estação.
Nunca verão!
Ela está dentro
das gotas que o vento
troca de rota;
aqueles cabelos se afastando
pra longe da face pálida,
quando o adeus de uma lágrima
caiu no chão distante de agosto.
Foi o maior desgosto
que nunca verão!
Só eu vejo a dor daquela estação,
sob a forte chuva de verão.




 
Autor
NilCortes
Autor
 
Texto
Data
Leituras
675
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
4 pontos
2
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/06/2014 20:29  Atualizado: 13/06/2014 20:29
 Re: Lembranças de Uma Estação
Chuvas de verão de um entardecer, seus pingo vem as plantas a regar, ventos do anoitecer que espalhas as lágrimas peles as faces do adeus.

um lindo poema