https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Uma Questão de... Tempo

 
Tags:  tempo    dueto    2014    QUESTÃO    jo e dani  
 
..


Open in new window


Uma Questão de... Tempo


Afogo a dor involuntária
trocando lágrimas por um trago
do teu whisky preferido...
sabor enriquecido pelas datas
-épocas dos nossos elos doirados!
brilhos, reflexos multicor em nossas mãos
- juradas e assinadas, cumpridas!
nos apelidos trocados, permutados
dias que são de nós, paternidade!
ó terna e doce imagem
que és corpo musical, real!
e
adormeço nos teus braços,
ó meu destino! tentando compreender
onde queres me levar
assim de mãos tão apertadas
com este andar
ora lento, ora apressado
o que há nesse teu relógio
de cordas tão descompassadas?
por que é que o teu ponteiro
sempre busca uma razão?
se és dono do tempo
- meu e teu -
por que esse medo,
por que esse tic-tac tão ateu?
és menino e Imperador
és atemporal
e também jaz no tempo...

E não há número mais poético
nem livro mais virgem
do que …
o teu dia questionando
o eu … de teu:
- quem és afinal?
nessa hora...
todas as horas???


(um pássaro de mil e uma luzes
em milhares de movimentos harmoniosos
difundindo holografias
no aroma matrimonial das doze noites…)

(
abrindo
fechando
)
o símbolo
(?)






Jo e Dan, dueto, 070920142025


Open in new window



 
Autor
sommerville
 
Texto
Data
Leituras
1043
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
44 pontos
10
5
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 08/09/2014 01:10  Atualizado: 08/09/2014 01:10
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 16212
 Re: Uma Questão de... Tempo
Parabéns Poetas
Belíssimo dueto! Gostei imensamente!
Beijos!
Janna

Enviado por Tópico
Gyl
Publicado: 08/09/2014 01:25  Atualizado: 08/09/2014 01:25
Membro de honra
Usuário desde: 08/08/2009
Localidade: Brasil
Mensagens: 15174
 Re: Uma Questão de... Tempo
Como faz falta neste site poetas como você, Brother! " um tic-tac ateu.." Além da suavidade contida, do vocabulário rebuscado, da melodia sentida e passada. Bom demais poder beber da tua água em cascatas tão límpida e preciosa. Um abraço, amigo!

Enviado por Tópico
ManoelDeAlmeida
Publicado: 08/09/2014 09:04  Atualizado: 08/09/2014 09:04
Colaborador
Usuário desde: 30/05/2011
Localidade: Campo Grande/MS - Brasil
Mensagens: 835
 Re: Uma Questão de... Tempo
Interessante seu poema! Inusitada, porém, extremamente poética forma de descrever as transformações, as mudanças que o Tempo, esse Senhor das Formas, provoca na vida do eu lírico, que representa qualquer ser humano (que seja especial para também deixar suas marcas no Tempo, para questionar o Tempo; penso que esse eu lírico questionador está, no decorrer de todo o poema, tendo um "diálogo" com o Tempo, com sua forma de marcar sua passagem pela humana percepção: ora "pelo whisk enriquecido pelo sabor das datas! ora "pelo relógio de cordas tão descompassadas" ora "ora pelo menino e Imperador atemporal que também jaz no tempo" ora "que nessa hora é: todas as horas" ora " no movimento de abrir e fechar que significa: o tempo que é movimento"... Essa a minha leitura; partindo do princípio que a leitura de uma obra de arte não pertence a quem a produziu, mas a quem a aprecia,... espero que aceite essa minha "possível!" leitura!

Enviado por Tópico
Manufernandes
Publicado: 08/09/2014 10:45  Atualizado: 08/09/2014 10:45
Subscritor
Usuário desde: 09/12/2013
Localidade: Lisboa
Mensagens: 3860
 Re: Uma Questão de... Tempo
Mais um excelente poema a quatro mãos
e pergunto-me também quem é
sommerville
"nessa hora...
todas as horas???"
com tanta arte?
Abraço
manu

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 08/09/2014 11:59  Atualizado: 08/09/2014 11:59
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6797
 Re: Uma Questão de... Tempo
Horas que choram no infinito de uma ternura onde os olhos sonham em um lindo planto vindo das faces das emoções fazendo na saudade o tempo que dorme nos braços do amor.

uma maravilha de poema

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/09/2014 13:20  Atualizado: 08/09/2014 13:20
 Re: Uma Questão de... Tempo
Belíssima arte que encontramos em tuas mãos querido poeta!

Excelente dueto!

A tua presença neste site é sempre um presente!

Obrigada!

Beijos,

Anggela

Enviado por Tópico
saraabreu
Publicado: 08/09/2014 20:06  Atualizado: 08/09/2014 20:06
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2014
Localidade:
Mensagens: 2423
 Re: Uma Questão de... Tempo
Um canto fantástico poetas entre o tempo envolto numa questão, enquanto isso um "trago de whisky" e a dor vai abrandando na luz de um poema super apaixonado.
Parabéns ao duo por tão belos versos capazes de inebriar o(a) leitor(a).

bj

Enviado por Tópico
Vania Lopez
Publicado: 09/09/2014 05:54  Atualizado: 09/09/2014 05:54
Colaborador
Usuário desde: 25/01/2009
Localidade: Pouso Alegre - MG
Mensagens: 17658
 Re: Uma Questão de... Tempo
Parecem uma só mão... Belo e sereno.
Obrigada. Beijos duplos

Enviado por Tópico
Liliana Jardim
Publicado: 09/09/2014 19:38  Atualizado: 09/09/2014 19:38
Luso de Ouro
Usuário desde: 08/10/2007
Localidade: Caniço-Madeira
Mensagens: 4528
 Re: Uma Questão de... Tempo
O tempo é um vento, brisa cálida ou ventania, que muda a posição das coisas ante o nosso olhar

O tempo cavalo que galopa para alem do nosso passo...

Gostei de te ler poeta

Beijinhos

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/09/2014 04:51  Atualizado: 13/09/2014 04:51
 Re: Uma Questão de... Tempo
Quatro anos de amor, dois de casados...E contra todos os ventos e tempestades, lá fomos nós - fortes, decididos, firmes, amantes, invencíveis!!! E quem diria, meu amor, que valeria cada segundo de dor ou saudade, para te ter agora comigo, todo dia , toda hora. Para acordar ao teu lado, ver teus olhos, sentir tua pele e, ao menos, saber na vida que o amor existe, que o improvável é possível e que o jamais é apenas uma palavra. Te amo demais! te amo com toda a força de sempre, te amo aqui, no grito do peito ou no sossego, mas te amo sempre e pra sempre. Beijo eterno, meu Jo. Obrigada por me completar em tudo!
tua dan