https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Os limites

 
O que nos resta fazer?
Nada.
Esta palavra ultrapassou-me sempre,
O poder de não entender.

Desde ontem, levei as minhas almas
E fui me embora em direções
Diferentes.

Cada um procura o seu caminho,
Cada um sabe,
Onde começou a perder-se.
Será que podemos alguma vez
Ter falta de amor?

O amor, era o nosso caminho
E parecia inacabável,
Sim
Agora esta limitado.


Bejinhos & abraços
Mademoiselle Scarlett

 
Autor
Mademoiselle Taty_Ana
 
Texto
Data
Leituras
584
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
24 pontos
2
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 04/12/2014 22:02  Atualizado: 04/12/2014 22:02
 Re: Os limites
Sinto no poema o cansaço, quase uma aceitação. E digo quase, porque mesmo assim diferentes caminhos foram seguidos, mesmo frente a impotência do nada. conforma-se. Os erros foram apontados( cada um sabe) mas o amor agora limitado não tem pernas pra voltar. talvez o amor não tenha diminuído, talvez quem sabe, seja o que sempre foi, apenas visto de outra forma( daquela que surge quando se vai a paixão)...e eu to viajando demais..rs...mas diferentes almas, diferentes direções nos trazem inúmeros passaportes....Obrigado por trazer. parabéns! Abraço

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 10/04/2015 08:30  Atualizado: 10/04/2015 08:30
 Re: Os limites
de qualquer forma se chega em algum lugar
de ida,de volta ou de ficar,depois...bem depois
acho que se consegue finalmente descansar.

Gostei de ler sua poesia,bjs.