https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Lauda Poética

 
Posso despir as palavras e rasgar suas vestes,
Deixar que o conteúdo semântico cause taquicardia,
Fantasia é universo deveras indispensável à poesia...
Sem ela, quem escreve não é poeta, é herege!

Versejar é criatividade, a imaginação alimenta o texto,
Na tessitura do vocábulo amplia-se o tear linguístico,
A sensibilidade atua como matriz do senso estilístico
Que roga ao campo ideológico ineditismo sem incesto!

Intimidade com a linguagem é recurso que o artista
Deve dar prioridade sem que se torne preciosista,
Pois, os vícios do idioma podem triturar sua obra...

Elegância e concisão... atributos do escrever bem,
Ilusionismos são fragrâncias que a arte não contém
E o contexto necessita do primor que a beleza implora!


 
Autor
imelo10
Autor
 
Texto
Data
Leituras
530
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
10 pontos
0
1
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.