https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

SER MULHER

 
SER MULHER


Ah, essa inconstância de ser mulher!
Não sabemos se vamos ou ficamos...
Se queremos azul ou vermelho.
Discutimos preto no branco.
Umas vezes queremos chuva, outras sol.
Podemos ser \'curtas e grossas\' ou persuasivas e brandas...
Querer um Carnaval de folia, ou temporal.

Podemos tomar água, pensando em um vinho suave.
Café preto e quentinho, num calor de céu azulzinho.
Dizer algumas palavras, pensando outras.
E ter gosto de mel ou fel na boca.

Podemos querer um amor doce, ao mesmo tempo, selvagem.
Com gosto de chocolate.
O mesmo prazer que isso dá:
Um vem lá, vem cá...

Ah, essa inconstância de ser mulher!
Ser muitas em uma só.
E nunca saber o que se quer...

Fátima Abreu
VÍDEO COM MINHA LETRA, MUSICADA PELO ARTISTA ANAND RAO.
 
Autor
FátimaAbreu
 
Texto
Data
Leituras
552
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.