https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

ando pela vivacidade

 


A amenidade da brisa
do verão roçagando o rio
e levantando folhas das margens
a robustez das árvores
com o balbuciar dos galhos
balançando suaves,
fazem-mo encontrar
um caminho sereno
afastado da turbulência
mercenária das ruas.
Suas risadas debochadas
e suas aparências escandalosas
de auto suficiências
não encontram mais
guarida em minha
consciência...
Amparo-me na
viva cidade
da naturalidade












Open in new window

 
Autor
MarinaNegre
 
Texto
Data
Leituras
558
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
4
5
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
pAuLoGaLvAo
Publicado: 16/06/2015 21:36  Atualizado: 16/06/2015 21:36
Colaborador
Usuário desde: 12/12/2011
Localidade: Lagos
Mensagens: 613
 Re: ando pela vivacidade
A cidade não é natureza morta e a todos oferece recantos de vivacidade. Gostei. Parabéns


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 17/06/2015 16:43  Atualizado: 17/06/2015 16:43
 Re: ando pela vivacidade
Marina, li com gosto. um abraço