https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

"A autonomia das mãos"

 
Tags:  escrever    mãos  
 
São as mãos,são as mãos !
Que fazem-me perder o tino !
Quando teu olhar entra-me no pensamento
Ficam eufóricas,desvairadas,cegam-me ao resto do mundo
Escrevem palavras que não quero,riscam-me outras que me são
Baralham-me a emoção,admoesto-as,mas em vão
Imperceptíveis sua linhas ditam ao coração
Hostis, buscam etéreas planícies da alma
No palco do poema não se vergam
Continuam,continuam,dançando a folha
Esperam a plateia,
tu !

 
Autor
Angy
Autor
 
Texto
Data
Leituras
341
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.