https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

O sol beija a terra e usa meus lábios...

 
O sol beija a terra e usa meus lábios...
 
No sol de açucenas
Na pele morena
Há nasceres e beijares
Em plantares
Mesmo que hajam
Folhas secas do sofrer.

...

Na beleza dos raios de sol
Há um céu raro
D'onde habita uma lua azul
E exclamadas estrelas
Molhadas de intenso prazer
...Beijado...

...

O sol beija a terra e usa meus lábios...
Molhados do néctar da saudade
Nas gotas de beijos que devor'alma
No desejo nosso.
...

No desabotoar do peito
Mostrando ao mundo que o sol
É força que ilumina a lua azulada
Do derradeiro dia de julho
Na primavera sentida a flor da pele.

...

Mostrando ao olhar de todos
Que o amor é tesouro
sem chaves mestras
Usando como código secreto
A pureza de amar…
Mesmo que seja em poesia.
...

O amor é motriz que me leva a ti
Na ventania que faz a saudade
Deixa de ser sopro
Na dor marcadas nas rochas
Mas quem sou...???
Eu neste areal semi nua???
Nada, não sou nada ….

Na teimosia das ondas
Apenas procuro a alma como tu …

...
A dor da saudade e da distância
Que nos impede de sonhar em voz alta …
Só assim a saudade
Vai deixar de ser sopro beijado
( in vitro )
...E será realidade...

...

Condensada em letras garrafais
...de vinho quente...
que aquece noites vazias
E frias...
...

No sonhar além, o código secreto
...das rosas que falam na voz de céu
No limiar das almas, em melódia das
Letras a bailar em poesia.

Ray Nascimento


Do fundo do meu ser; amo te ler; tua amizade e seu amor sincero são refrigero pra minha alma.Te amo Amiga do seu AMIGOMENINO!
Open in new window
Adriel

 
Autor
RayNascimento
 
Texto
Data
Leituras
867
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
23 pontos
1
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martims
Publicado: 11/08/2015 20:27  Atualizado: 11/08/2015 20:27
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2013
Localidade:
Mensagens: 6794
 Re: O sol beija a terra e usa meus lábios...
Isanos que nos movem para aquele lado, que se faz e acontce, os ventos do amor, noites engavetadas que sai com os desejos vindo ate nós, se amamos naquela prazerosa sedução, sentido os sussurros e os gemido em nosso ouvidos, noso corpoa se penetram, sito você toda monhada, o quente seu prazer.