https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

A moderação das forças

 
Open in new window

Se a lua ilumina os prados
E dá pés às ondas do mar,
É porque há força oculta,
Que a guia, na sua caminhada
Pelas almas forjadas de dor.

Se o mar corre nos campos floridos
E as ondas nas copas das árvores,
É porque há algo de errado,
Que merece meditação dos homens,
Pautada pela tolerância
E minuciosa análise das causas do mal,
Que devem ser recicladas
Pra que haja moderação das forças.

Peta


PegoSilver

 
Autor
Peta
Autor
 
Texto
Data
Leituras
711
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
32 pontos
6
5
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 24/11/2015 20:57  Atualizado: 24/11/2015 20:58
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: A moderação das forças
Ahhh, Peta, Peta...

Tua poesia tocou-me a alma suavemente.

Há sim, sim, uma força oculta permeando tudo, absolutamente tudo que existe, e é justamente essa Força extraordinaria a mesma que nos inspira a escrever palavras edificantes, quando entramos em sintonia com Ela.

Mil parabéns. É a minha poesia favorita desse mês de Novembro. Favoritando com alegria.

Abraços e beijinhos poéticos!!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 25/11/2015 10:31  Atualizado: 25/11/2015 10:31
 Re: A moderação das forças
Também gostei da sua poesia!

Muito bem escrita!

Parabéns!

Um abraço,

Anggela


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 26/11/2015 10:04  Atualizado: 26/11/2015 10:04
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29310
 Re: A moderação das forças
O homeme é o atravessador que transgride os momentos perfeitos d natureza, as deixando em instantes inperfeiros