https://www.poetris.com/
 
 
O homem
 
 

O homem que passou por aqui não possuía cabelos perfumados.
Da sua pele nenhuma fragrância exalava.
Possuía cheiro próprio
O odor que alucina .
O homem que passou por aqui,
não precisou de licença.
Entrou e se misturou .
Como tatuagem em mim colou.
Sem dor somente amor.


Su Aquino

 
Autor
SuAquino
Autor
 
Texto
Data
Leituras
1196
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.