https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Esperar

 
Tags:  espera    amanhã    fatal    curva    cimento  
 
Espera amanhã.
Hoje é igual
A qualquer dia.
Além da curva,
Há outra e outra.
Vivemos em anéis
De Saturno, ou,
Nos ônibus circulares.
A arquitetura, o cimento
Passa por nossas cabeças,
Todo santo dia.
Espera, mas não muito.
Amanhã pode ser fatal,
Por não ter esperança.
Espera.






 
Autor
airtorion
Autor
 
Texto
Data
Leituras
446
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
22 pontos
0
3
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.