https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Amor : 

A PERDIÇÂO DOS MORTAIS

 
Tags:  amor    paixão    vingança    perdição  
 
Enquanto coloco o manto
E o capuz, que esconde o pranto
Por estes bosques vagueio

À procura da magia
Que me roubou a alegria
E levou meu coração.

Procuro por esse mago
Que num beijo arrebatado
Me deixou em perdição.

Perdição de amor por ele
Que com seu encanto fatal
Fez de mim mera mortal.

De mim, Rainha das Fadas
Que governo estes bosques
E minhas filhas Aladas.

Eu, que não conhecia as dores
Dos mortais, por seus Amores
Eis-me agora arrebatada.

Desejo e odeio
Esse mago traiçoeiro
De cujos lábios anseio.

Com seu corpo em ebulição
Agarrou-me pela mão
E cairam minhas asas

E deixou-me a maldição
De conhecer a paixão
A perdição dos mortais.

E assim mortal me tornou
E o meu coração roubou
Esse mago a quem desejo.

Enquanto não o encontro
Envolvo-me neste meu manto
E o capuz, que esconde o pranto.

E se mortal, eu morrer
Sem seu amor conhecer
Voltarei e vingarei!

Vingarei o Amor desprezado
Da Rainha das Fadas
E da mortal pelo seu Amado!


(Por Ana C./SOB_VERSIVA)


Esquece todos os poemas que fizeste. Que cada poema seja o número um.
*Mário Quintana*

 
Autor
SOB_VERSIVA
 
Texto
Data
Leituras
1499
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
2 pontos
2
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 27/02/2008 08:25  Atualizado: 27/02/2008 08:25
 Re: A PERDIÇÂO DOS MORTAIS P/SOB_VERSIVA
A PERDIÇÃO DOS MORTAIS.

UM POEMA SUPRE BEM IMAGINADO, ONDE O CAPUZ QUE ESCONDE O PRANTO, DEU A CONHECER UMA rAINHAS DAS fADAS QUE UM DIA VAGUEADNDO PELOS BOSQUES, DESCOBRIU POR FIM QUE ERA UMA SIMPLES MORTAL.

TRISTE PARTIU COM SEU CORAÇÃO DESTRUÇADO PELO MAGNO QUE SEU SEU CORAÇÃO ROUBOU.

SIMPLESMENTE ADOREI.

Open in new window