https://www.poetris.com/
 
Mensagens -> Amor : 

Entre o sol brilhante e a lua errante

 
Tags:  amor    paixão    desejo    beijo  
 
Entre o sol brilhante e a lua errante prolongo esta paixão que me traz em pulgas, e me expõe a cada instante. Entre o nascer e o apagar da luz, arrasto este sentimento que cresce exponencialmente embora em silêncio, abrindo-me um sorriso que ilumina a noite incandescendo. Quando se fará isto que sinto audível em ti, sem sombra de duvida que assuste crianças no escuro, conduzindo teus dedos a meus cabelos rubros, teus lábios a minha pele pintalgada, teu ombro a minha cabeça deitada. Te espero ao amanhecer como quem aguarda o “trem das onze” que o há-de levar a casa. Te aguardo ao anoitecer com a vontade de desarrumar camas e salas, cobrindo-as de peças de roupa soltas, pipocas douradas, e caixas de chocolates recheados acabados. Podes chegar de manhã com um beijo apenas, mas prolonga-o, prolonga-o, prolonga-o. Apenas um, mas que seja longo e goooood.
Ilia Mar

 
Autor
Ilia Mar
Autor
 
Texto
Data
Leituras
588
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
13 pontos
1
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 02/05/2016 20:57  Atualizado: 02/05/2016 20:57
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29490
 Re: Entre o sol brilhante e a lua errante
Sentidos que se aplumam vindo da alma aquele ensejo que os instante os tranformam no alvorecer.

belo poema