https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

DA VIDA EM SI MESMA

 
Open in new window


Há um brilho, um cheiro
uma energia no ar
que atrai e aproxima...


choque imprevisível
vibração sutil, intemporal instante
infinito, alvorecido...


com o mesmo frescor
o sereno dota a flor do manacá
que agradecida libera o perfume


a gota de orvalho ao luzir sob o sol
anuncia sua presença a pingar
de sua essência...


é a Vida Incólume que acontece
no ondular de sua ambivalência
de tudo quanto nasce
de tudo quanto fenece...

Maria Lucia (Centelha Luminosa)



Por não saber do brilho das estrelas,
alumio veredas dentro de mim


Open in new window


 
Autor
Semente
Autor
 
Texto
Data
Leituras
447
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
58 pontos
22
6
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 18/06/2016 15:25  Atualizado: 18/06/2016 15:25
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4214
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Olá Semente,

Mimosos e cuidados, pequenissímos retalhos da Natureza perfumada tu versas aqui, de forma bonita e elegante.
E, como sempre, teus versos têm luz, têm perfume, têm essência dupla de gentil existência e magnãnimo festejo de Vida. É uma tela com sentimentos, o que acabei de observar hoje aqui.

Delicioso, como sempre quando parte de ti. Parabéns.
Beijocas

Eureka


Enviado por Tópico
kripy
Publicado: 18/06/2016 18:52  Atualizado: 18/06/2016 18:52
Colaborador
Usuário desde: 26/05/2010
Localidade:
Mensagens: 2999
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Olá minha doce amiga Semente já é a terceira vez que a tento comentar hoje a ver se é desta 😉 seu poema é amor na forma escrita,um beijinho de carinho,kripy.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 18/06/2016 22:25  Atualizado: 18/06/2016 22:25
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Minha amiga, basta tão pouco para ser feliz
Um violão, junto a natureza, de bem com a vida
Conteúdos para um belo texto
Abraço sem fim


Enviado por Tópico
RaipoetaLonato2010
Publicado: 18/06/2016 23:53  Atualizado: 18/06/2016 23:53
Colaborador
Usuário desde: 13/03/2010
Localidade: Paulínia-SP
Mensagens: 2667
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Não morre a flor. Seu perfume é a essência da eternidade.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/06/2016 01:02  Atualizado: 19/06/2016 01:03
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
*Versaste aqui com maestria o fascinio e a força que a Vida nos enlaça.
Nos ultimos anos as introspecçoes sobre ela me acompanham...um fio ténue parece-me ligar ao folego da Vida.
Um milagre quântico considero!
Tao bom ler da tua Poesia!
Como sentar contigo e conversar...assim me sinto.
Beijoka*


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/06/2016 14:33  Atualizado: 19/06/2016 14:33
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Uma bela de uma construção poética, parabéns poeta.
Ficar bem.
Pg.


Enviado por Tópico
Frederico
Publicado: 19/06/2016 15:31  Atualizado: 19/06/2016 15:31
Colaborador
Usuário desde: 12/08/2014
Localidade: Loures
Mensagens: 604
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
É sempre um deleite ler tua poesia
ondulando nesta ambivalência da vida
onde tudo aqui nasce de tudo quanto fenece...
Sensacional...abraços poéticos
FC


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 19/06/2016 16:10  Atualizado: 19/06/2016 16:10
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 625
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
É o PAI ETERNO que se faz presente no ar e em teu coração-poeta;
minha cara poetisa!...Meus aplausos, lindo trabalho!...Aplausos e beijos fraternos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 19/06/2016 21:54  Atualizado: 19/06/2016 21:54
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Muito bela poesia! Tão luminosa...
Que bom poder ler!

Abraço


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 28/06/2016 12:11  Atualizado: 28/06/2016 12:11
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29256
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Sentidos que versam das luzes os encantos dos olhos onde se flutuam os mais belos sentidos.


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 05/07/2016 22:15  Atualizado: 05/07/2016 22:15
 Re: DA VIDA EM SI MESMA
Quatro belos tercetos e uma estrofe finalizando em alta, são versos soltos que da muita poesia!