https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Surrealistas : 

Voo Livre Para o Extremo

 
Tags:  esfera    cavaleiro    VAGA-LUME    astronalta  
 
Aluzicandecência; abre-se
A luz das esferas roxas.
Montes cristalizados açucarados.
Tolos vaga-lumes embriagados
Dos mais diversos sortilégios.
Doce, pungente remanescente
Astronauta medieval cavaleiro.
Desce aos fossos em submarino
Resplandecente.
Coberto de orgulho nonsense.
No, no,no,no,no,no, Yes!
Assim se diz Califórnia,
Para onde quer que voo.

 
Autor
airtorion
Autor
 
Texto
Data
Leituras
657
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
12 pontos
0
2
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.