https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Irmandade Sem Cores

 
Tags:  poema    amizade    reflexão    rimas    pensamento    feliz  
 
Essa rima é para você
Paciência para lê-la, deves ter
Corajoso para prosseguir, deves ser
Esteve presente em meu passado
Talvez eu tenha, contigo, fracassado
Certas memórias aqui passo
Porem, já digo, não é por acaso
Estou solitário, e agora, preocupado
Dessa nossa amizade, não me desfaço
Será que terei um futuro?
Mesmo assim, agradeço por tudo
Essa é para você, meu amigo Bruno.

Completará oito anos essa amizade
Pode, para mim, ser a única, mas é de verdade
Atropelamos o racismo, portamos a igualdade
Hoje já não é mais aquela normalidade
Agimos, entre nós, com humildade
Não duvidamos de nossa capacidade
Essa nossa amizade, irmandade
Nem mesmo pelo peso da sociedade
Prometa-me, não perderas sua humanidade
Nem mesmo sua sanidade
Siga, fracasse, vença, na vontade
O mundo não o odeia, acredite em mim
Escrevo essa rima, pois não sei quando será o meu fim
"Que texto meloso", é sim
Já deveria tê-lo feito antes, eu sei
"Linha do Meu Tempo", te citei
Mas dessa vez, uma rima a ti farei.

Tu era menor quando te conheci
Hoje parece que diminui
No mesmo tamanho a ti me vi
Então quer dizer que não cresci?
Tudo bem, vamos continuar
Eu simplesmente me senti na vontade de relatar
Fatos, histórias, contos, repassar
Boas lembranças, devo confessar
Sei que não sou bom em rimar
Mas tentarei explicar
Tempos que me ajudou
Tempos que me aguentou
"Vamos sair", você falou
Tempos que me deu apoio
Naqueles tempos, sentia-me como um comboio
Mesmo desanimado, estava aqui
E eu, para você, estava bem ali.

Faz um tempo que não te vejo
Ocupado pelas responsabilidades, eu creio
Para te agradecer, encontrei esse meio
Não sei como será à seguir
Sei que irás conseguir
Inteligente, maduro e astuto
Afinal, já és um adulto
Poderás parecer um insulto
Mas, "Valeu nego", por tudo
Quem sabe, sinto muito
Seremos Chris & Greg do nosso mundo
Agradeço, Bruno, irmão
Agradeço de coração
Perdoe esse "vacilão"
Por qualquer decepção
Aceite esses versos, como uma dedicatória
Afinal, escrevi aqui a nossa história.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
282
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.