https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Um querer que se perde na ausência

 
Open in new window

A solidão invade, cresce e aperta,
Os desejos se multiplicam
O coração sofre em silêncio,
A dor dilacera a alma

Noites se tornam longas
Sonos a meio gás,
Vagueiam pensamentos
Nas penumbras da incerteza

Sonhos retardados
Em reencontras agendados,
Adiados se a presença for
Deglutida pela eterna ausência

Com o patinar do amor
No lamaçal da incerteza,
Coração chora lágrimas d’ouro
Por um querer que se perde na ausência…

Adelino Gomes-nhaca


Adelino Gomes

 
Autor
Upanhaca
Autor
 
Texto
Data
Leituras
575
Favoritos
4
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
82 pontos
28
11
4
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
atizviegas68
Publicado: 13/08/2016 10:21  Atualizado: 13/08/2016 10:21
Colaborador
Usuário desde: 09/08/2014
Localidade: Açores
Mensagens: 1343
 Re: Um querer que se perde na ausência
Adorei ler. O último verso eleva todo poema. Parabéns.
Um abraço


Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 13/08/2016 11:20  Atualizado: 13/08/2016 11:20
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2386
 Re: Um querer que se perde na ausência
Parabéns muito bom um abraço
Upanhaca


Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/08/2016 12:09  Atualizado: 13/08/2016 12:09
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 15701
 Re: Um querer que se perde na ausência
Parabéns Poeta
Apreciei a leitura!
Beijos!
Janna


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 13/08/2016 12:45  Atualizado: 13/08/2016 12:45
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2370
 Re: Um querer que se perde na ausência
Muito bonito Adelino!
Gostei demais! Que bonita essa "presenca deglutida pela eternal ausencia..."

Abracos,


*Mary Fioratti*


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/08/2016 13:28  Atualizado: 13/08/2016 13:28
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28957
 Re: Um querer que se perde na ausência
São aqueles momentos que os sentidos entram nos becos onde as lágrima são choradas dos olhos do tempo.

lindo poema


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 14/08/2016 00:10  Atualizado: 14/08/2016 00:10
 Re: Um querer que se perde na ausência
Triste ausência, belo poema!
a
Abraço amigo


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 15/08/2016 20:31  Atualizado: 15/08/2016 20:31
 Re: Um querer que se perde na ausência
Profundamente lindo e forte , parabéns!

Abraço ti poeta Adelino!


Enviado por Tópico
KaiiqueNascimentto
Publicado: 21/08/2016 04:01  Atualizado: 21/08/2016 04:01
Da casa!
Usuário desde: 23/09/2014
Localidade: Francisco Morato - SP
Mensagens: 272
 Re: Um querer que se perde na ausência
Olá Boa noite, estou adorando poder ler suas escritas, Favoritei sem pensar, saiba que ganhou um grande Fã e amigo também!
Abraços Kaique Nascimento!


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 28/08/2016 22:06  Atualizado: 28/08/2016 22:06
 Re: Um querer que se perde na ausência
Que beleza meu amigo!


Enviado por Tópico
rosemari
Publicado: 22/01/2017 17:29  Atualizado: 22/01/2017 17:29
Da casa!
Usuário desde: 17/03/2008
Localidade: Paraná
Mensagens: 266
 Re: Um querer que se perde na ausência
Ausências, ausências e ausências, dor e saudades.

abraços


Enviado por Tópico
Semente
Publicado: 23/01/2017 12:52  Atualizado: 23/01/2017 12:52
Colaborador
Usuário desde: 29/08/2009
Localidade: Ribeirão Preto SP Brasil
Mensagens: 8696
 Re: Um querer que se perde na ausência
Poema triste, Adelino, de dor e saudade.

Me leva a refletir que em nossas vidas, na poesia ou no real, há sempre um silêncio dolorido e seus conhecidos fantasmas tais como noites longas, pensamentos vagantes, e incertezas...E há também a memória de um amor ausente, que não se realiza.

Apesar de dolorido, gostei muito do teu poema!

Parabéns.

Beijinhos


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 23/01/2017 16:33  Atualizado: 23/01/2017 16:33
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12119
 Re: Um querer que se perde na ausência P/Upanhaca
...parece, a presença vive com a ausência, parecem gémeas, como separá-las, olhe que não é fácil... Adorei o poema, abraço Vólena


Enviado por Tópico
MaryFioratti
Publicado: 09/11/2018 11:43  Atualizado: 09/11/2018 11:43
Colaborador
Usuário desde: 09/02/2014
Localidade:
Mensagens: 2370
 Re: Um querer que se perde na ausência
Lindo e triste Upanhaca.

Abracos!

*Mary Fioratti*


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 09/11/2018 19:59  Atualizado: 09/11/2018 19:59
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6086
 Re: Um querer que se perde na ausência
Boa tarde, Upanhaca,

Belíssima construção poética retratando a solidão. Parabéns!

Um abraço,
Mary Jun