https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Dedicatória : 

Foi Assim

 
Tags:  amor    reflexão    rimas    pensamento    passado  
 
Foi Assim
 
A distância novamente mostra o porque veio
Ela quer me ferir de todo jeito
Insisti em me fazer relembrar do meu medo
Ela é indecente, mesmo eu sendo paciente
Me trata como um indigente
Me trata como um simples peão
Uma hora estou ali, outra hora estou aqui
Ela sempre me trocar de posição
Parece até estar perdido, sem direção
Onde está o xeque-mate para terminar com essa "diversão"
Distância, brinque com tudo, mas não brinque com meu coração
Essa é a minha condição, minha petição
Pois agora me encontro na beira da tristeza amorosa
Tentarei lhe explicar de forma respeitosa
Estou tristonho, sofrendo de amor, afinal sou um ser humano.

Eu pensei: "-Quero escrever, mas sobre o quê?"
Pensei em rimar para animar
Mas minha alma está a lacrimejar
Eu confesso, tentei suportar, e quase me pus a chorar
Esse meu amor não é para se brincar
É a primeira vez que estou sinceramente a amar
Porém sei que é difícil, nessa frase acreditar
Afinal vejam só, logo, logo, nos vinte anos a bandeira irei fincar
Sim, houveram ilusões no tempo escolar
Muitas coisas aconteceram por lá
Uma garota em particular me fez duvidar sobre meu sentimento
Pois ela me tratava como um burro de carga, um jumento
Por dois anos me encontrei preso ao seu feitiço, ou melhor, veneno
Me formei e continuei não esquecendo daquele momento
Mas anos depois eu mudei, a página do passado virei
E no final de 2015 algo aconteceu
Minha tia faleceu, meu pai se entristeceu
Eu me encontrava perdido, querendo um amigo.

Janeiro não queria ir embora
Era sempre a mesma história
"Garoto conhece garota, garota debocha garoto"
Sim, conheci nas vésperas do Ano Novo
Mas não vou escrever sobre ela de novo
Só devo lembrar que conheci quando eu tinha dezoito
Eu me magoei, mas o coração não tranquei
Mas não a amei, disso eu sei
Mas vejam, tempos depois me apaixonei
Eu me confessei, e parece que a agradei
Sorte, talvez
Começou um conto de fadas, era uma vez a princesa e o camponês
Porém algo ocorreu, e o nosso relacionamento se rompeu
Ainda fico sem saber se fui eu quem disse adeus.

Em alguns momentos penso se estamos corretos
Um conhecido uma vez me disse que relacionamentos à distância não dão certos
Sinto falta, é só isso que em minha mente fica
Alguém bem que poderia me dar uma dica
Pois o tempo não me permiti ceder horas com ela
O tempo talvez não me queira junto dela
Agora penso se minha humilde lágrima aliviará
Em pensar sobre aquela sensação nostálgica.

É engraçado, ela pensa que eu já amei
É engraçado, ela pensa que eu já namorei
Será que ela não reparou?
Ou talvez, viu a verdade e não acreditou?
Talvez pensa que, quando digo "você é meu amor"
Estou tentando ser sedutor, quem sabe
Aqui fala o autor, leia por favor
Aqui tentei disfarçar minha imensa saudade
Talvez irá duvidar, gargalhar, mas me deu vontade
De me declarar, e agradecer por conseguir te encontrar.

 
Autor
AteopPensador
 
Texto
Data
Leituras
506
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.