https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

Os Bagos de David Bowie

 
Tags:  poema    poesia    poeta    verso    Tiago malta  
 
Os Bagos de David Bowie
 
O Brasil não conhece o tempo
Mesmo que avance
Sinto me numa ilha, isolado
Pior
Eu me sinto um moleque de cueca soltando pipa,
Cuspindo no chão alheio.
Mesmo que se avance não me sinto indo
Mas sempre voltando em looping
De volta ao começo.


Vamos Unir nossos Poderes

Rio de Janeiro,15 de novembro de 2016
 
Autor
OTiagoM
Autor
 
Texto
Data
Leituras
288
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 20/11/2016 12:08  Atualizado: 20/11/2016 12:08
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8228
 Re: Os Bagos de David Bowie
mas é assim com todos nós a cada fim e dia, no dia seguinte tudo recomeça; e por muita companhia que tenhamos, no fundo a decisão é sempre só nossa e nesse lugar só existe a solidão.

abraço