Poemas : 

Incerteza

 
Não sei quem são as ondas agitadas do mar
Não sei quem são as estrelas no firmamento
Sei que existem para que eu as possa olhar
E nelas, repousar a alma, por um momento


Quando o amor acaba, sem uma palavra, só resta o silêncio frio e a poesia

 
Autor
Lusitâniamaria
 
Texto
Data
Leituras
1042
Favoritos
3
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
35 pontos
7
2
3
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/12/2016 18:31  Atualizado: 08/12/2016 18:31
 Re: Incerteza
Pequeno, mas de uma grandeza ímpar!

Adorei ler Lu!

Beijinhos,

Anggela


Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 08/12/2016 18:37  Atualizado: 08/12/2016 18:37
 Re: Incerteza
Lindo, eu senti saudade de te ler.
beijo, querida.


Enviado por Tópico
geraldocoelho
Publicado: 18/12/2016 22:48  Atualizado: 18/12/2016 22:48
Colaborador
Usuário desde: 14/11/2010
Localidade:
Mensagens: 625
 Re: Incerteza
Lindo e muito reflexivo!...Disseste muito em poucas palavras!...Parabéns; beijos fraternos e UM FELIZ NATAL.

Enviado por Tópico
Sisi
Publicado: 19/12/2016 00:56  Atualizado: 19/12/2016 00:56
Muito Participativo
Usuário desde: 13/12/2016
Localidade:
Mensagens: 81
 Re: Incerteza
lindo