https://www.poetris.com/
Poemas : 

DEPOIS DO FOGO VÊM AS BRASAS.

 


Depois do fogo vêm as brasas ainda muito aquecidas,
Com promissoras ameaças porquanto serão temidas,
Mas também trazem o calor que aquece nossas vidas,
O importante é consignar-se como serão consentidas.

Te conheci muito nova te dedique toda a minha vida,
Mas passados muitos anos não precisas de guarida,
Depois do fogo vêm as brasas ainda muito aquecidas,
Com promissoras ameaças porquanto serão temidas.

Juntos seguimos um norte tivemos os nossos filhos,
Vai se aproximando a morte a vida perdeu seu brilho,
Não queres mais o meu ser cruzando as vossas trilhas,
Tens o direito de escolher que sejas por demais feliz
Depois do fogo vêm as brasas ainda muito aquecidas,


Enviado por Miguel Jacó em 20/04/2017
Código do texto: T5976555
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.


Miguel Jacó

 
Autor
Migueljaco
 
Texto
Data
Leituras
160
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
3 pontos
1
1
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Eureka
Publicado: 22/04/2017 11:24  Atualizado: 22/04/2017 11:24
Colaborador
Usuário desde: 02/10/2011
Localidade: Lisboa
Mensagens: 4004
 Re: DEPOIS DO FOGO VÊM AS BRASAS.
Bom dia Miguel,

Parabéns por este teu poema, de rimas perfeitas e conteúdo valoroso. Gostei muito do que versaste e da forma como o fizeste.

Sempre continuas a imprimir um cariz acertivo e concreto a tuas poesias, creio que é uma marca pessoal na tua poesia. Parabéns também por isso.

Um abraço fraterno
Eureka