https://www.poetris.com/
Poemas : 

Dos olhos

 

escapa
dos olhos
o silêncio

chega nas ondas do lago
rasga a tarde os vestidos
apaga bordados
e pensamentos

sai
debaixo da chuva
e das profundezas
do poços

dissolve-se
na poeira do
tempo

II

o que importa agora
é a diversidade
dos sentidos

prolonga-se amarga
no inverno das horas.



A arte desenha as almas nos olhos úmidos e secos; movimenta mares e nuvens nas telas, com pincéis
e poemas nas na areia, nas pedras e nas estrelas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
55
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.