https://www.poetris.com/
Textos -> Outros : 

Regresso a casa

 
Somos almas a desfilar, mas preferimos a identificação com a carcaça que molda a nossa imagem. Vivemos entorpecidos pelo medo ou embriagados pela saudade ou extasiados pelo desejo. E queremos sempre qualquer coisa: mais sucesso, mais amor, mais dinheiro, mais bens materiais, mais saúde, mais jovens, mais belos, mais perfeitos,… Ignoramos que estamos a fazer o caminho de regresso a casa e a casa regressamos de mãos vazias. O que levamos é a experiência.
À porta de entrada não passa quinquilharia e o nosso coração é pesado na balança.
Não há vestes, nem plumas, nem ouro. Não há pão para nos encher o estômago nem água para nos saciar. Há aquilo que não se agarra, que não se toca, que não se vê, apenas se sente.

 
Autor
sravaka
Autor
 
Texto
Data
Leituras
200
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 17/10/2017 11:04  Atualizado: 17/10/2017 11:04
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29356
 Re: Regresso a casa
Um belo poema onde os sentimentos vem dos olhos elevando os mais belos sentidos