https://www.poetris.com/
 
Poemas : 

AMAR

 
 
AMAR
 
“E
se você tiver a habilidade de amar, ame primeiro a s
i mesmo.” (Charles Bukoski)

Então vem e acaricia-me
a palidez das noites e das noites solares,
nas quais espreitam caninamente
meus fantasmas;

mostra-lhes que outrora
erraram de curral, quando observaram,
com seus vesgos olhares ,
vacas, cães e vermes travestidos
de seres angelicais;

vem e mostra-me
um feltro verde, ou azul, ou de qualquer cor
- menos o cinza negro –
onde eu possa plantar alguma
tocheira fulgural;

vem e tira-me
estas marcas e estas chagas,
estendendo-me um caminho diferente,
sem sonhos vagos e sem sombras
retesadas,

vem, então,
vem e me sirva tua presença
e, se possível, com teu amor sem grandes promessas,
mas também sem esquinas
e encruzilhadas.



Péricles Alves de Oliveira (Thor Menkent)


 
Autor
Thor
Autor
 
Texto
Data
Leituras
271
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.