https://www.poetris.com/
Poemas : 

Tu

 
dissestes que voltarias
com palavras mornas

e sairias à francesa
sem provocar ruídos
na minha alma.

espero-te
em ondas de ternura,
sem artifícios.

traga resquícios do sol.

no entanto, músculos,
palavras e sentidos
são indefinidos.

chego às alturas,
e sinto a espessura
das mãos largas.

entrego-te a calma
e a construção
deste poema.

dou amor, esqueço
intrigas e confesso:

és o equilíbrio
O vício leve, breve
quase promíscuo.

és a oração que fecha
a noite e abre manhãs.
















A arte desenha as almas nos olhos úmidos e secos; movimenta mares e nuvens nas telas, com pincéis
e poemas nas na areia, nas pedras e nas estrelas.

 
Autor
RaipoetaLonato2010
 
Texto
Data
Leituras
160
Favoritos
2
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
31 pontos
11
2
2
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
Jmattos
Publicado: 13/11/2017 10:49  Atualizado: 13/11/2017 10:49
Colaborador
Usuário desde: 03/09/2012
Localidade:
Mensagens: 14908
 Re: Tu
Poeta Rai

és a oração que fecha
a noite e abre manhãs.


Simplesmente perfeito!
Levei!
Beijos!
Janna





Enviado por Tópico
visitante
Publicado: 13/11/2017 13:27  Atualizado: 13/11/2017 13:27
 Re: Tu
Muito bom! Parabéns!



Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 13/11/2017 14:40  Atualizado: 13/11/2017 14:40
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 28641
Online!
 Re: Tu
Envolvente poema que traduz aos mais belos e encanto momentos para com o amor


Enviado por Tópico
sisnando
Publicado: 23/11/2017 16:34  Atualizado: 23/11/2017 16:34
Colaborador
Usuário desde: 21/10/2008
Localidade: Fafe
Mensagens: 523
 Re: Tu
Gostei de ler! Amor a quanto obrigas! Abraço amigo