Poemas : 

No Meu Corpo

 
Open in new window

No meu corpo vivem as marcas de todas as guerras

Chagas de todas as dores

Feridas de todos os amores



No meu corpo vivem as cicatrizes de todos os lamentos

Gritos de dor, momentos

São valas de verga

Carne viva



Neste corpo, o meu

Lêem-se todas as batalhas

Escritas a ferro

Desenhadas à mão



E tu amor

Quando um dia me desnudares

Lerás toda uma história

Massacre, martírio dormente



E neste corpo que me deram

Vivo aprisionada

Serei sempre alma

Viva noutro lugar



E nestas marcas fundas da vida

Nas veias, carne ferida

Vou continuar

Sentindo tormentos


E quando um dia meu amor

Olhares o meu corpo

Na pele encontrarás desgosto

Na carne, chaga viva



E se mesmo assim me quiseres

Então amor, oferece-me o teu corpo

Para que a minha alma se encontre

E recupere da vida



Tenho marcas de batalhas sem fim

Mas a guerra será sempre minha


Luz&Sombra

 
Autor
Luz&Sombra
 
Texto
Data
Leituras
1061
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
1 pontos
1
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
ângelaLugo
Publicado: 23/03/2008 21:34  Atualizado: 23/03/2008 21:34
Colaborador
Usuário desde: 04/09/2006
Localidade: São Paulo - Brasil
Mensagens: 14852
 Re: No Meu Corpo p/ An@P@ul@
Querida poetisa

Um magnífico poema
onde descreve o que contém
dentro de ti e...
Quando encontrares um amor
duas almas serão apenas uma
Parabéns!

Um beijo doce nesta alma iluminada