https://www.poetris.com/
 
Poemas -> Natal : 

Natal, tudo tão cíclico (AjAraujo)

 
Open in new window

Feliz Natal!
Tudo é tão cíclico,

Tão fatal,
nada como o atouco
Donde o rompimento
da casca ouço,

Se de tudo
fica um pouco,
Não importa que
eu fique louco,

E que já ande
assim tão rouco,
E que acabe
assim mouco.

AjAraujo, o poeta humanista, escrito em 22 de dezembro de 2016.

Pintura de PEDER MORK MONSTED (1859-1941) ~ Sunlit Winter Landscape, 1919
 
Autor
AjAraujo
Autor
 
Texto
Data
Leituras
212
Favoritos
0
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
0 pontos
0
0
0
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.