https://www.poetris.com/
 
 


Sabe quando reagimos

às sequências de infortúnios

como se fôssemos de aço e...

um determinado dia percebemos

que não havia couraça,

vemos o estrago

sentimo-nos perfurados de lado a lado!


Janna



 
Autor
Jmattos
Autor
 
Texto
Data
Leituras
431
Favoritos
1
Licença
Esta obra está protegida pela licença Creative Commons
46 pontos
26
6
1
Os comentários são de propriedade de seus respectivos autores. Não somos responsáveis pelo seu conteúdo.

Enviado por Tópico
IsabelRFonseca
Publicado: 04/04/2018 13:24  Atualizado: 04/04/2018 13:24
Colaborador
Usuário desde: 25/05/2013
Localidade: Algures em Portugal
Mensagens: 2721
 Re: Dor
🌹 lindo bjs poetisa Jmattos


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 04/04/2018 15:45  Atualizado: 04/04/2018 15:45
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Dor
Muito lindo, querida amiga!!

Gostei muito!!

Um beijo


Enviado por Tópico
karinna*
Publicado: 05/04/2018 02:11  Atualizado: 05/04/2018 02:11
Super Participativo
Usuário desde: 26/11/2017
Localidade:
Mensagens: 163
 Re: Dor
*sei...e como sei...
Tocante! Tocaste meu âmago
Beijoka*


Enviado por Tópico
Rafael007
Publicado: 05/04/2018 02:43  Atualizado: 05/04/2018 02:43
Super Participativo
Usuário desde: 22/09/2017
Localidade: São Paulo, Brasil
Mensagens: 114
 Re: Dor
Belos versos, Janna... Essa é a nossa verdadeira força: resistir aos embates da vida e permanecer de pé! As nossas cicatrizes tornam-nos quem somos!!

Bjs!


Enviado por Tópico
Maryjun
Publicado: 05/04/2018 03:26  Atualizado: 05/04/2018 03:26
Membro de honra
Usuário desde: 30/01/2014
Localidade: São Paulo
Mensagens: 6505
 Re: Dor
Boa noite, Janna,

Uma obra de arte...Forte!Parabéns!!

Beijos,
Mary Jun


Enviado por Tópico
martisns
Publicado: 05/04/2018 11:35  Atualizado: 05/04/2018 11:35
Colaborador
Usuário desde: 13/07/2010
Localidade:
Mensagens: 29219
 Re: Dor
Tus da vida se traduz, muitas vezes em fragmentos, temos que reagir aos pedaços


Enviado por Tópico
Juanito
Publicado: 05/04/2018 15:25  Atualizado: 05/04/2018 15:25
Colaborador
Usuário desde: 26/12/2016
Localidade: España
Mensagens: 2662
 Re: Dor
Não somos de aço; apenas seres humanos.

Meus parabéns, gostei muito do poema!!

Beijos!


Enviado por Tópico
Odairjsilva
Publicado: 05/04/2018 19:28  Atualizado: 05/04/2018 19:28
Membro de honra
Usuário desde: 18/06/2010
Localidade: Cáceres, MT
Mensagens: 2765
 Re: Dor
EncantaDor!!!!


Enviado por Tópico
Volena
Publicado: 05/04/2018 21:18  Atualizado: 05/04/2018 21:19
Colaborador
Usuário desde: 10/10/2012
Localidade:
Mensagens: 12509
 Re: Dor P/Jmattos
Adorei minha neta ficou impecável, beijocas grandes!
E este é um provérbio chinês:
Quando não compreendemos a dor ela nos dilacera. Quando entendemos seus fins, ela nos aperfeiçoa.


Enviado por Tópico
Lucineide
Publicado: 06/04/2018 08:29  Atualizado: 06/04/2018 08:29
Colaborador
Usuário desde: 06/12/2015
Localidade:
Mensagens: 1260
 Re: Dor
Olá, Janna ! Muito profundo, querida. Você está cada dia melhor. Beijos!


Enviado por Tópico
GinaCortes
Publicado: 06/04/2018 18:20  Atualizado: 06/04/2018 18:20
Muito Participativo
Usuário desde: 10/08/2017
Localidade:
Mensagens: 64
 Re: Dor
Há quem diga que armadura surge através das dores. Cada dor é uma trama tecida até que a armadura esteja inteira.
Quando isso ocorrer, as dores ainda virão só para testarem a resistência da armadura.

O poema me levou a pensar. Gostei! !

Abraços.


Enviado por Tópico
RoqueSilveira
Publicado: 17/04/2018 16:26  Atualizado: 17/04/2018 16:26
Colaborador
Usuário desde: 31/03/2008
Localidade: Braga
Mensagens: 8222
 Re: Dor
a dor é a lei do retorno; infortúnios cada um cava o seu; e depois pedem a advogados para mentir e acham que a mentira começa nele, pfff
filosofias não é para qualquer um Janna, tem juízo! não te fures mais...


Enviado por Tópico
Migueljaco
Publicado: 20/04/2018 15:22  Atualizado: 20/04/2018 15:22
Colaborador
Usuário desde: 23/06/2011
Localidade: Taubaté SP
Mensagens: 9268
 Re: Dor
Bom dia Janna, sempre que tentamos nos dar uma dimensão que não possuímos, certamente nos lesionaremos em certa medida, parabéns pelo vosso incisivo poema, um abraço, MJ.